Como usar as redes sociais para empresas

As mídias sociais têm grande importância para o marketing de negócios que buscam vender mais e conquistar uma conexão maior com seu público.

20 min. de leitura

Hoje, a importância das redes sociais está muito clara para empresas de todos os ramos, que falam com os mais diversos públicos. Porém, o que não está muito claro ainda para muitos é como explorar todo esse potencial e revertê-lo em resultados eficientes.

Já podemos começar dizendo que as melhores redes sociais variam de caso a caso, de acordo com a empresa e com seus objetivos. E mais: a gestão das mídias sociais varia profundamente de acordo com a persona, tanto da empresa, quanto dos clientes.

Mas o que é persona?

Exemplos de Persona

Criar uma persona se trata de identificar um perfil, com preferências, valores, características, objetivos, preocupações, medos, anseios etc. É realmente personificar a sua marca ou o seu público.

Persona da marca:

Para descobrir quem é a sua marca, você deve se fazer algumas perguntas, como: o que caracteriza a empresa? Como é a sua voz? Em que momento ela fala? No que ela acredita? Responder claramente essas e outras perguntas cria uma identidade para sua marca, possibilitando que ela se comunique de forma mais eficiente com seu público. Com essa identidade construída – a persona –, fica mais fácil saber como produzir conteúdo para as redes sociais da empresa.

Persona do cliente:

Aqui, vamos montar uma identidade que vai além do que é feito normalmente: idade, classe social, gênero, renda e por aí vai. Identifique quem é o seu cliente, quais são as suas características, preferências, angústias e frustrações, qual a sua personalidade. Com tudo isso mapeado, a linguagem utilizada pela sua empresa, além dos assuntos que ela tratará em suas redes sociais, estarão mais próximos do seu público. Para descobrir essa persona, é muito importante realizar uma pesquisa com seus clientes. Ao entender o perfil de quem já compra seus produtos ou serviços, você atrairá perfis semelhantes.
Em seguida, algumas decisões ainda precisarão ser tomadas: em quais redes sociais a sua empresa deve estar? Deve haver alguma diferença de linguagem entre elas?

Com tudo isso devidamente pensado e mapeado, ainda faltam algumas decisões a tomar: em quais redes sociais a sua empresa deve estar? Deve haver alguma diferença de linguagem entre elas?

As redes sociais mais populares para empresas

Facebook

Objetivo: o Facebook permite a conexão e o compartilhamento de textos, imagens e vídeos entre pessoas, marcas e veículos de comunicação. Por ser a rede social mais popular, agrega pessoas de idades e características muito variadas.

Principais recursos: São inúmeras as formas de interação, que vão desde mensagens instantâneas e privadas para empresas a posts patrocinados, que se aproveitam do enorme banco de dados do seu conjunto de usuários, permitindo o direcionamento e a segmentação esses patrocínios.

Exemplo de postagem:

Além de fornecer informações relevantes no próprio post, direcionamos o usuário a uma matéria publicada em nosso blog. Ou seja, através do conteúdo publicado nessa rede social, você pode atrair mais visitas à sua página institucional.

O Facebook também oferece ferramentas por meio das quais o público pode interagir com a sua marca, de forma que você estreite seu relacionamento com o consumidor. Veja um exemplo no post abaixo, publicado no Facebook de um cliente da Bee, a MAVALÉRIO, empresa que produz e comercializa produtos para o segmento de doces e confeitos.

Colocamos duas receitas de inverno feitas com produtos MAVALÉRIO, dando ao público do nosso cliente a oportunidade de reagir com “like”, se preferir Fondue de Chocolate com Brigadeiro, ou com “amei”, se sua receita favorita for o Chocolate Quente Branco.

Outra tendência é aproveitar de assuntos que estão em alta para fazer memes, ou seja, posts que viralizam na internet, seja a informação em forma de uma imagem, frase, música, etc. Inserir seu serviço ou produto no contexto desse tipo de publicação é uma ótima oportunidade de chamar a atenção para a sua marca e conquistar o público com um conteúdo atrativo.

Instagram

Objetivo: a rede social criada para encher os olhos, com conteúdo principalmente visual. De propriedade do Facebook, o Instagram tem um objetivo similar à sua empresa principal, mas altamente voltado para fotos e vídeos. Tem foco em utilizadores jovens, que procuram assuntos mais leves.

Principais recursos: além da possibilidade de “curtir” e comentar posts, algumas fotos ou vídeos ficam disponíveis por apenas 24 horas, os Stories, permitindo comunicações rápidas e pontuais, como o exemplo abaixo, um stories do Instagram da Bee..

Exemplo de postagem:

Exemplo de stories do Instagram da Bee Creative. Um computador e, em frente, a janela com a vista da cidade de Campinas. Frase: Trabalhar com essa vista é só amor!

Destacam-se os conteúdos com o objetivo de entreter o usuário e dar também a possibilidade de interação. As empresas que o utilizam devem pensar: o que é agradável aos olhos do meu consumidor?
Veja este exemplo de uma publicação no Instagram de mais um dos nossos clientes, a TC Shingle, empresa italiana com filial no Brasil, especializada em telhados com telhas shingle, garantindo sofisticação e beleza arquitetônica.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Isso daqui é MOLTO BELLO! Veja só como as telhas da TC Shingle ficaram incríveis nesse projeto. ❤❤ #Arquitetura #Design #TCShingle

Uma publicação compartilhada por TC Shingle do Brasil (@tcshingle) em

A imagem é preenchida com um belo projeto arquitetônico, para inspirar e surpreender arquitetos e projetistas, que são o principal público do nosso cliente. Repare em quanto o aspecto visual faz toda a diferença nessa rede.

LinkedIn

Objetivo: usada principalmente para networking profissional. Empregadores buscam por possíveis novos colaboradores, enquanto profissionais pesquisam novos parceiros comerciais. Pessoas de todas as áreas, inseridas ou não no mercado de trabalho, frequentam a rede social.

Principais recursos: É possível postar e receber respostas a vagas de emprego, além de publicar artigos e posts diversos.

As empresas que utilizam o LinkedIn devem se preocupar em promover a história da organização, suas qualidades, sua importância para o mercado. Bem como acontecimentos relevantes: eventos, aniversários marcantes – como 30, 50 anos de empresa –, treinamentos com os colaboradores. Antes de postar, pense: o que posso mostrar ao mercado para que a minha empresa seja bem vista como organização?

Um ótimo exemplo é este post no LinkedIn do nosso cliente, a Walsywa, que fabrica e comercializa produtos de Fixação para Construção Civil.

Walsywa on LinkedIn: "A Concrete Show 2019 já começou! Venha visitar a empresa que é referência em fixação para construção civil no Brasil. Os maiores lançamentos estão aqui! Venha conversar com nossos especialistas no Stand 7-30."

August 15, 2019: Walsywa posted images on LinkedIn

Divulgamos a participação da Walsywa em um evento de extrema importância para o setor em que a empresa atua, fortalecendo a marca como presente em momentos importantes para o mercado.

YouTube

Objetivo: desenvolvimento e exibição de vídeos, de produção profissional ou amadora. Os assuntos dos vídeos são dos mais variados, o que resulta em um público altamente diverso.

Principais recursos: Além de ser um local para o compartilhamento desses vídeos, o YouTube permite a inclusão de anúncios, também em vídeo.

Vale destacar que o YouTube é o segundo maior meio de pesquisas dos usuários, principalmente porque um dos maiores diferenciais da rede é a capacidade de apresentar conteúdos de forma fácil. O usuário não precisa nem mesmo ler algum texto, as respostas ou as soluções que ele procura estão a um “play”.

Atualmente, em um contexto em que as pessoas têm à disposição diversos canais de informação, quando elas encontram dois conteúdos sobre o mesmo assunto – um em vídeo e o outro em texto -, é bem provável que prefiram a solução mais imediata e fácil de se consumir: o vídeo.

Além disso, o vídeo é uma plataforma com forte poder de engajar, emocionar e provocar reações no público, por seu aspecto dinâmico e visual.

No entanto, vale dizer que os vídeos, preferencialmente, devem ser de melhor qualidade e bem editados. Não são tão instantâneos como os stories do Instagram, por exemplo. Não se trata de filmar e publicar qualquer coisa, mas de pensar em como os vídeos contribuirão com a estratégia da empresa.

Exemplo de postagem:


Playlist "Cozinha Saudável" do canal do BemStar com Marcio Atalla

Pinterest

Objetivo: focada também no compartilhamento de imagens, a rede social se denomina como um catálogo mundial de ideias, com grande parte dos posts envolvendo moda, maquiagem, artesanato, gastronomia e decoração – o que torna o público da rede social, em maioria, entusiastas dessas áreas, principalmente jovens do gênero feminino. O Pinterest também é conhecido pela vida útil das publicações, muito maior do que as do Facebook.

Principais recursos: as imagens, vindas dos usuários ou de outros sites, podem ser classificadas em pastas e encontradas por meio da busca do Pinterest. A plataforma também estimula o compartilhamento de ideias e a interação entre os usuários. Mas, principalmente, proporciona à sua empresa a possibilidade de atrair o público para as suas soluções. Por exemplo, se você atua no segmento de moda, pode publicar fotos de looks com peças da sua marca, divulgando-a e estimulando as pessoas a comprarem.

Já se você atua no ramo de alimentos, é interessante despertar o desejo das pessoas através das imagens. Veja este exemplo, mais uma vez da Mavalério. Ele vende a ideia de como as receitas feitas com os produtos da marca podem ser, além de deliciosas, bonitas e inspiradoras.

Além disso, a rede social dá ares de criatividade à empresa, transmitindo a ideia de que você tem várias ideias e quer compartilhá-las. Uma marca inspiradora é, com certeza, uma marca a ser lembrada no mercado. E a inspiração é a matéria-prima do Pinterest. Uma boa dica é utilizar o Pinterest para Empresas, para dar mais visibilidade à marca, gerar vendas e tráfego para a sua página na web.

Twitter

Objetivo: permite aos usuários compartilhar atualizações que envolvem texto (limitadas a 280 caracteres), imagens e vídeos, em um fluxo contínuo. Tem grande foco em notícias e assuntos atuais, principalmente entre jovens. Por meio da rede social, é possível interagir com os usuários e ganhar notoriedade.

Principais recursos: é possível seguir diferentes usuários e republicar postagens em seu próprio perfil. O Twitter também conta com uma lista constante dos assuntos mais mencionados pelos usuários – os trending topics.

O Twitter nasceu com o objetivo de funcionar como um microblog, permitindo a publicação de pequenos textos de no máximo 140 caracteres. As possibilidades foram ampliadas pela mudança para 280 caracteres e a adição dos recursos para a postagem de gifs e vídeos. Mesmo assim, continua sendo observada a tendência de as publicações serem concentradas em opiniões sobre os acontecimentos atuais, seja sobre política, economia, lançamentos no cinema, tendências de mercado, dicas sobre diversos assuntos etc. Sendo assim, a rede social torna-se uma ferramenta para empresas que desejam ter um posicionamento claro ou para associarem sua marca a essas atualidades.

Abaixo, temos o exemplo de uma publicação no Twitter do nosso cliente Marcio Atalla, educador físico e grande influenciador nos temas relacionados à saúde e ao bem-estar.

Exemplo de postagem:

Conheça um pouco sobre as estratégias de gerenciamento de redes sociais da Bee Creative.

Conclusão

Como é possível perceber, a sua empresa deve escolher as redes sociais em que estará presente de acordo com seu segmento e com seus objetivos. Por exemplo, se você tem uma empresa de consultoria financeira, está em um ramo em que talvez seja difícil se comunicar por meio de imagens - isso colocado de forma geral, depende muito das particularidades do negócio. Sendo assim, o Pinterest, que tem o foco absoluto nas imagens, pode não ser a rede social ideal para você. Mas sim o Facebook e o LinkedIn, por exemplo, em que é possível se comunicar através de textos e encontrar mais fácil o seu público.
A escolha das redes sociais também deve ir ao encontro do que você descobriu sobre o seu público. Se o seu consumidor é jovem, provavelmente está em busca de conteúdos mais leves, como os publicados no Instagram e até mesmo no Facebook.

Fato é que as empresas já não podem ignorar a comunidade digital, que cresce a cada dia e faz cada vez mais parte da realidade de toda a população. Não fazer parte dela é quase como não existir. Sendo assim, se você quer ter sucesso no seu negócio, precisa ser visto, e, para tanto, é fundamental estar presente no meio digital, com conteúdo relevante e interessante para o seu público.

Gostou deste conteúdo? Assine nossa Newsletter:

Avatar
Bee Creative
Agência
A Bee Creative é uma agência multidisciplinar e multiplataforma que trabalha estrategicamente a convergência criativa de canais on-line e off-line, existentes ou excepcionalmente criados, superando sempre as expectativas quanto aos melhores resultados.
Facebook
LinkedIn
Instagram
Pinterest
Behance