Como ser um bom líder

É possível desenvolver a capacidade de liderar? Quais são as características de uma boa liderança? É isso que vamos te contar!

15 min. de leitura

Ao conversar com pessoas das gerações anteriores, ou mesmo com colaboradores de empresas com visões mais “tradicionais”, é normal nos depararmos com relatos sobre o chefe autoritário, a famosa figura do patrão, detentor da autoridade e digno da prontidão dos seus submissos. Hoje em dia, parece exagero, mas é só fazermos um esforço de memória e perceberemos que esse passado não é tão distante. A visão “moderna” sobre como ser um bom líder é bem diferente.

Hoje em dia, cada vez mais as empresas buscam para esse cargo pessoas com diversas qualidades, e não apenas aquelas capazes de fazer os outros trabalharem. Será que é preciso ter uma personalidade x ou y para ser líder? É possível desenvolver a capacidade de liderar? Quais são as características de uma boa liderança? É isso que vamos te contar!

As principais características de um bom líder

Imagem com diversas peças de Xadrez com uma sombra formando uma coroa

Poder X autoridade

Essas duas palavras podem parecer quase a mesma coisa, mas o autor James C. Hunter, em seu clássico livro sobre a essência da liderança “O monge e o executivo”, deixou bem clara a diferença entre elas, e isso é algo fundamental.

O poder diz respeito a obrigar as pessoas a fazerem algo, mesmo que elas não queiram, mas vão fazer porque têm medo das consequências, porque se sentem intimidadas. Já a autoridade está relacionada à habilidade de fazer com que as pessoas cumpram algo de boa vontade, motivadas pela influência pessoal positiva que o líder exerce sobre elas.

Em um primeiro momento, exercer o poder pode parecer efetivo, mas a verdade é que, no decorrer do tempo, isso desgasta o relacionamento entre o líder e a equipe. Além do mais, se você precisou exercer o poder, é sinal de que sua autoridade foi quebrada, e isso não é nada bom. Um bom líder exerce autoridade e conquista a admiração da equipe, que se sente sempre motivada a trabalhar melhor.

Motivação

Uma das capacidades mais procuradas para o cargo de liderança é saber como motivar as pessoas, ou seja, como tornar os liderados engajados em seu trabalho, em alcançar resultados e contribuir para o crescimento da empresa.

O primeiro passo para conseguir isso é o próprio líder ser um colaborador motivado. “Um líder desengajado não motiva sua equipe”, afirma Pedro Henrique Torres, diretor de Copywriting na Bee. Nesse sentido, o líder deve ser alguém que inspire, alguém em quem as pessoas se espelhem e capaz de contagiar os colaboradores ao redor com seu engajamento e seu espírito de trabalho dedicado.

Capacidade de ensinar

Muitos líderes reclamam que, ao delegar uma tarefa, ela é realizada de forma totalmente diferente do esperado. Então, há a tendência de o líder fazer o maior número de atividades possível, por acreditar que ninguém de sua equipe fará tão bem quanto ele. 

O motivo de isso acontecer é a falta de capacitação e treinamento da equipe. O bom líder precisa ser como um professor, garantindo que os colaboradores não tenham dúvidas em relação ao que devem fazer e saná-las quando elas surgirem. Na opinião de Pedro, o líder não deve “falar para a equipe ‘deixa que eu faço’, mas sim ‘deixa que eu te ensino a fazer’".

Serviço

Muitos colaboradores podem almejar a liderança com a ilusão de conquistar um cargo em que seja possível ordenar os outros a trabalharem em seu lugar. Essa perspectiva é um tremendo engano sobre ser um bom líder, como explica Fabrício Forcato, diretor de Account na Bee: “A liderança é um conjunto de comportamentos que tornam a pessoa um bom líder. Porém, dentre todo esse misto, julgo a servidão como o maior atributo para sustentação da postura de um bom líder. Liderar é servir”.

Pedro também concorda com essa visão: “O líder primeiro trabalha pelos outros, pela equipe, e depois para si”, e ainda complementa: “O líder só cresce se as pessoas ao redor dele crescerem. Então ele precisa trabalhar por elas”

Dessa forma, ser líder é o contrário de ter menos trabalho. É estar disposto a trabalhar por você mesmo e também pela sua equipe.

Empatia

Para alguns, esse pode ser o maior desafio de um bom líder. Empatia tem a ver com a capacidade de se colocar no lugar do outro, procurando compreender seus sentimentos e emoções. Para Eduardo Oliveira, diretor de Create na Bee, é fundamental “ficar atento às necessidades de cada colaborador e ajudá-lo em todos os sentidos”.

Quando o colaborador sente que está em uma empresa cujos líderes se importam com ele, suas questões pessoais e suas necessidades, ele tende a ter mais vontade de trabalhar por aquela empresa e se torna mais produtivo. “É necessário entender como cada colaborador é, o momento em que ele está, para saber a melhor maneira de ajudá-lo ou repreendê-lo”, continua Eduardo. Ou seja, antes de qualquer cobrança, é interessante saber exatamente com quem se está falando, para saber qual a melhor maneira de cobrar, obter melhores resultados e não desmotivar o liderado.

Inteligência emocional

Para Maria Carolina, diretora de Planning na Bee, essa é a característica fundamental de um bom líder. “É muito importante que um líder não perca o controle ao enfrentar problemas para tomar decisões com cautela”, afirma.

O líder é aquela pessoa que lida com a pressão pelo próprio desempenho como profissional e também o da equipe. Também é cobrado por tomar decisões assertivas rapidamente, resolver problemas, pensar em estratégias, gerenciar o estresse da equipe. Tudo isso exige uma constante busca pelo equilíbrio emocional, pois, se o líder não o tiver, é bem provável que o mesmo aconteça com a equipe.

Organização

Maria Carolina também acredita que o líder deve ser organizado e, assim, demonstrar responsabilidade com o trabalho e servir de exemplo para os liderados. “O líder não pode ser aquele que tem a mesa mais bagunçada, que não sabe organizar os seus e-mails, que perde prazo a todo momento. Ele precisa ser bem organizado para si mesmo para conseguir organizar a equipe”.

Os maiores desafios de ser um bom líder

Confira alguns depoimentos dos nossos líderes sobre o que consideram ser os principais desafios da função:

“Acho que o principal desafio é precisar dar soluções rápidas e certeiras para coisas que não vivi antes. Todo dia acontecem coisas novas e você precisa “testar” sua vontade, sua criatividade, sua resiliência, entre outras coisas.”

Pedro Henrique Torres, diretor de Copywriting

“O maior desafio é fazer a equipe ficar em sintonia, é ter empatia com cada um da equipe.”

– Eduardo Oliveira, diretor de Criação

“O lado mais difícil é que, como líder, sou responsável pelas notícias ruins – sendo elas uma demissão, uma perda de cliente ou uma bronca quando a equipe errou.”

– Maria Carolina, diretora de Planning

“O maior de todos os desafios do líder é lidar com as pessoas. Mas a variável “pessoas” é uma caixa de surpresas. Esse é o maior desafio de longe, e querem saber qual é o segredo para contornar isso? Não existe segredo. Pessoas são únicas e todos os dias estão mudando. Se o líder entender sobre pessoas, certamente ele terá uma boa saída em todos os outros desafios.”

– Fabrício Forcato, diretor de Account

Você vai perceber que, por mais que listemos uma grande quantidade de características esperadas para um líder, essa lista nunca estará completa. Afinal, cada dia de trabalho é diferente do outro e trará seus próprios desafios, exigindo do líder jogo de cintura e flexibilidade para lidar com eles. Ou seja, aprimore-se constantemente e nunca se dê por satisfeito. Aproveite cada adversidade para aprender algo novo e tornar-se um líder melhor.

Avalie esse post:

Gostou deste conteúdo? Assine nossa Newsletter:

Avatar
Agência
A Bee Creative é uma agência multidisciplinar e multiplataforma que trabalha estrategicamente a convergência criativa de canais on-line e off-line, existentes ou excepcionalmente criados, superando sempre as expectativas quanto aos melhores resultados.
Facebook
LinkedIn
Instagram
Pinterest
Behance